Marketing Digital

Canalpcblindao

Marketing Digital em 2023

Os 8 pilares do Marketing Digital que irão se destacar nesse proximo ano.

Estou sempre em busca de melhorar meus resultados na internet e para isso sempre fico de olho no futuro que a internet caminho e junto com a internet o Marketing Digital. Pensando nisso preparei esse post. Vamo lá?

A internet condicionou os clientes a exigir atenção instantânea, e isso deve continuar. Em 2023, os clientes esperam um tempo de resposta de apenas algumas horas. Chega de enviar um e-mail e esperar dias por uma resposta. Se sua agência de marketing digital for capaz de atingir essas expectativas, você precisa de novas estratégias.

Você já deve ter se deparado com a palavra marketing digital e se perguntado o que realmente significa. O marketing digital é o processo de promoção de marcas, produtos ou serviços usando tecnologias digitais, como internet, mídias sociais e dispositivos móveis (entre outros).

Nos últimos anos, esse método de publicidade cada vez mais popular tornou-se uma parte importante do plano de marketing de qualquer empresa, seja ela grande ou pequena, local ou internacional. Abaixo estão oito tendências que você deve observar no mundo do marketing digital em 2023…

1. A agência de marketing digital será fundamental

Há uma série de tendências que afetarão o marketing digital nos próximos anos, e a maioria delas gira em torno das agências de marketing digital.

Com o tempo, as pequenas empresas perderam a posição sobre as maiores, pois as pequenas lojas não podem competir com as grandes marcas. À medida que mais e mais marcas estabelecem agências de marketing digital, é seguro dizer que essas empresas se tornarão um recurso vital para empresas grandes e pequenas. 

Na verdade, algumas agências de marketing digital já estão fazendo exatamente isso. Por exemplo, a DigitasLBi estabeleceu parcerias com marcas pequenas e grandes – incluindo Ford Motor Company e Lululemon Athletica – para criar estratégias digitais adaptadas às necessidades específicas de cada empresa.

Em outras palavras, as agências de marketing digital podem muito bem estar a caminho de se tornar uma parte essencial do kit de ferramentas de todas as marcas, não importa quão grandes ou pequenas sejam. 

Essa tendência certamente só crescerá em popularidade. A mídia digital está crescendo rapidamente, o que significa que o marketing digital vai crescer junto com ela. Desde 2015, as pesquisas do Google por marketing digital aumentaram quase 90% – e esse crescimento não deve diminuir tão cedo.

2. O marketing de resultado aumentará

Em 2019, o marketing digital continuará sua evolução longe do engajamento e em direção à remuneração baseada em desempenho. À medida que plataformas como Facebook, Google, Twitter e Pinterest se tornam menos eficazes na geração de conversões, as empresas procuram cada vez mais plataformas alternativas que possam gerar receita. 

E muitas marcas já estão se voltando para redes de marketing de desempenho (PMNs) como MediaMath e The Trade Desk – PMNs que compram mídia em nome de clientes, visando resultados em vez de meras impressões. Embora os PMNs ainda representem uma pequena porcentagem do gasto geral com anúncios digitais, sua participação está crescendo rapidamente. Em 2020, o eMarketer prevê que será de quase 10%. 

Esse crescimento, sem dúvida, acelerará nos próximos anos, à medida que mais profissionais de marketing digital adotarem a abordagem orientada por dados dos PMNs para comprar anúncios.

E se você pensar bem, há poucas razões para que o marketing digital seja diferente de outras formas de publicidade: por que os anunciantes não deveriam querer resultados? Afinal, não aceitamos cliques ou impressões quando anunciamos nossos produtos físicos; por que a publicidade digital deveria ser diferente?

3. As plataformas de mensagens em tempo real se tornarão centros de dados

Os clientes querem que suas mensagens, preocupações e perguntas sejam respondidas assim que chegarem. É por isso que as plataformas de mensagens em tempo real estão crescendo em popularidade e se tornando ferramentas cada vez mais importantes para os profissionais de marketing digital.

À medida que essas plataformas amadurecem, elas oferecem mais recursos que permitem que as marcas capitalizem os dados dos clientes. Os melhores deles poderão atuar como hubs de dados personalizados para iniciativas de marketing digital. 

Por exemplo, imagine uma plataforma como o Facebook Messenger ou o WhatsApp capaz de armazenar as informações pessoais de um cliente – nome, endereço, informações de contato – e usá-las para preencher automaticamente campos em formulários e páginas de destino quando os clientes se comunicam com sua marca.

Isso tornaria as campanhas de marketing digital muito mais fáceis de gerenciar e também ajudaria a construir relacionamentos mais fortes com os clientes. 

Isso não acontecerá da noite para o dia, mas à medida que os profissionais de marketing digital se tornarem mais experientes sobre como usar as plataformas de mensagens em tempo real de forma eficaz, podemos esperar que mais marcas as transformem em valiosos recursos de dados.

4. Os profissionais de marketing precisam começar a integrar os chatbots em suas estratégias

Em 2019, os profissionais de marketing começarão a investir mais em chatbots e assistentes digitais baseados em IA, diz Sean Blanchfield, CEO da agência de marketing digital Mad. Isso será um divisor de águas para pequenas empresas que estão dispostas a investir seu tempo e dinheiro na criação de uma experiência personalizada para cada cliente.

Já estamos vendo algumas agências fazerem grandes avanços com essas tecnologias. 

Por exemplo, uma agência de marketing digital criou um chatbot inteiro dedicado a ajudar as pessoas a encontrar o jeans perfeito. O bot faz perguntas aos clientes sobre o que eles gostam e não gostam em outros pares que possuem ou experimentaram antes, bem como suas preferências pessoais de estilo. O bot envia a eles uma lista com curadoria de opções com base nessas respostas.

Uma estratégia semelhante pode funcionar para qualquer empresa que venda roupas ou acessórios – e nem precisa ser uma loja de comércio eletrônico!

5. Haverá mais criatividade em exibição

Até 2022, mais da metade de todas as interações comerciais ocorrerão por meio de canais digitais. Naturalmente, essas interações – e quaisquer campanhas de marketing que as acompanham – serão carregadas de criatividade.

Para se destacar, as marcas online precisarão mostrar um pouco de personalidade enquanto comercializam seus produtos e serviços. Isso significa que as agências de marketing digital terão que pensar fora dos métodos tradicionais de publicidade. Em vez de usar outdoors ou comerciais de TV.

Por exemplo, os profissionais de marketing digital podem usar plataformas baseadas em vídeo como Facebook Live ou Snapchat para alcançar novos públicos. E ao invés de focar na mídia impressa, como revistas e jornais.

As empresas podem se concentrar na criação de conteúdo que as pessoas possam compartilhar facilmente nas mídias sociais. Conclusão: se você deseja que sua marca se destaque em 2023, precisará ser criativo.

6. O marketing de influenciadores crescerá para US$ 16,4 bilhões até 2023

Os profissionais de marketing sabem que o marketing de mídia social está mudando, e em breve o marketing digital também. Mais de US$ 16 bilhões serão gastos em programas de marketing de influenciadores até 2023.

À medida que as redes sociais estão adaptando seus algoritmos para exibir conteúdo patrocinado com mais destaque. Este é um resultado natural de profissionais de marketing digital mudando seu foco de puro engajamento para estratégias centradas em conversão. 

Uma vez que o alcance orgânico dos usuários cai abaixo de um certo limite, eles precisam pagar pela exposição de sua marca. Influenciadores com muitos seguidores se tornarão agências de marketing digital, ganhando dinheiro com endossos e links de afiliados.

Os profissionais de marketing digital mais bem-sucedidos serão aqueles que conseguirem criar confiança entre clientes e marcas por meio de transparência e autenticidade. 

Por exemplo, se uma estrela do Instagram escreve sobre o quanto ela ama seu tapete de ioga. Os seguidores podem clicar para comprá-lo on-line e talvez até usar um link de afiliado para fazer isso. 

Para alcançar esses resultados, os profissionais de marketing digital devem desenvolver uma compreensão profunda de seu público-alvo e, em seguida, projetar campanhas que ressoem com eles. À medida que os consumidores continuam a exigir transparência em todos os canais, os profissionais de marketing digital responderão de acordo.

7. Os clientes querem atendimento instantâneo

A internet condicionou os clientes a exigir gratificação instantânea, e isso deve continuar. Em 2023, os clientes esperam um tempo de resposta de apenas algumas horas. Chega de enviar um e-mail e esperar dias por uma resposta. Se sua agência de marketing digital não for capaz de atingir essas expectativas, você precisa de novas estratégias. 

Uma abordagem proativa em vez de reativa pode ser exatamente o que seus clientes estão procurando.

Em vez de ter que entrar em contato com sua agência de marketing digital sempre que eles tiverem um problema com sua campanha, tente pensar em maneiras de resolver seus problemas antes mesmo de eles surgirem. Dessa forma, quando algo der errado com sua campanha, eles não sentirão que precisam passar por dificuldades apenas para obter ajuda. 

Os clientes querem gratificação instantânea, e não importa se vem de compras on-line ou de atendimento ao cliente em canais de mídia social – eles esperam respostas imediatas em todas as frentes. Portanto, se você quiser ficar à frente da concorrência, certifique-se de que sua agência de marketing digital esteja pronta para entregar o mais rápido possível.

8. O poder do Big Data continuará a crescer

Nossa dependência de big data é tão inevitável quanto transformadora. É por isso que as empresas continuarão a obter mais conhecimento sobre a coleta e análise de informações. Integrando-o em suas campanhas de marketing digital e confiando nele para fins de tomada de decisão.

Isso não mudará mesmo com as regulamentações iminentes que podem afetar a forma como as empresas usam os dados. Portanto, aqueles que estão tentando recuperar o atraso podem considerar tomar o assunto em suas próprias mãos, lançando uma agência de marketing digital hoje. 

Uma agência de marketing digital experiente pode ajudar os empresários a desenvolver estratégias que aproveitem as tecnologias atuais e as melhores práticas. Por exemplo, um de nossos clientes trabalhou recentemente conosco para lançar uma nova campanha publicitária inovadora projetada em torno dos anúncios do Google AdWords e das Redes de Display (incluindo o Facebook). 

Quer mais conteúdo como esse?

Visite noss blog, clique aqui

Assista a esse conteúdo aqui no Youtube

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.